Nos momentos em que sentimos sós

Não está Sozinho

Sentimos Sós

Você não está só, olha a sua volta.

Você sabe muito bem. A escuridão quer tanto controlá-lo. Os sentimentos que fazem com que você queira deixar o sangue correr livre. O sentimento de desespero que vem da sensação de que você está preso no fundo de um poço escuro de terra, e a única saída são trepadeiras entrelaçadas cobertas de óleo bruto. Estes sentimentos são tão avassaladores que você nem sabe se é capaz de viver uma “vida normal”.

Você não precisa nem sabe se é capaz de andar todos os dias sem se magoar, ou sem magoar alguém. Você sente-se tão distante quando olha para outras pessoas, e esta enorme sensação de inutilidade rasteja por cima de si, quando você tenta pensar em ir para o trabalho. Você sente-se preso pela incapacidade de se levantar e enfrentar um novo dia. Você sente-se como se estivesse a viver uma mentira. Você não está sozinho. Vê aquela mulher ali? Ela é uma mãe solteira com três filhos e vive com felicidade, mas você não sabe isso por olhar para ela. O desespero que ela sente é inteligentemente mascarado com uma aura de esperança. A menina da caixa no supermercado, que está sempre a sorrir? Sabe como é.

Passou a vida a entrar e a sair de lares adoptivos. Ela nunca se sentiu realmente amada, ela nunca sente que pertence a algum lugar. Essa senhora na fila usando um anel de diamantes excessivamente grande, com um Mercedes mal estacionado junto à boca de incêndio? Sim, ela sente o desespero tão profundamente quanto você. Qual destas pessoas não merece o “valor” da sua simpatia? Você pode realmente estar aqui como um ser humano, tendo sentido a profundidade da depressão em si mesmo, e dizer que há seres humanos com sentimentos “piores”, “melhores” ou mais “merecedores” do que outros? Não. Todos nós, cada um de nós, luta diariamente para manter esses demónios adormecidos. Todos nós erramos algumas vezes e achamos que esse demónio ganhou o controlo por um tempo. Todos nós entendemos pelo que você está a passar. Você não está sozinho.

 

Sentimos Sós

Nos momentos em que sentimos sós
Vote neste artigo

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*