Como podemos evitar de julgar as pessoas

Como podemos evitar de julgar as pessoas

Julgar As Pessoas

Como podemos evitar de julgar as pessoas

Você pode estar errado

Era uma vez um contador de histórias. Depois de se cansar de contar velhas histórias inventadas, ele deixou a sua casa em busca de uma história de vida real.

Ele chegou a uma povoação e alugou uma casa. Depois de andar pela povoação durante um mês em busca de uma história verdadeira, não conseguiu encontrar nada. Desapontado, ele decidiu parar a sua busca.

No dia seguinte, enquanto estava sentado na casa de campo, de repente ouviu uma voz – uma mulher estava a gritar com alguém. A voz vinha do grande muro atrás de sua casa.

Ele tentou ouvir a conversa, parecia que a mulher estava a insultar a sua enteada. O contador de histórias não gostou dela, mas ficou feliz por finalmente ter a sua história.

Ouvindo as conversas a cada dia, acrescentou-as para a sua história. Embora não pudesse ver as personagens, ele começou a odiar a madrasta, pois ela parecia ser a má da fita.

Agora era hora de finalizar a história. Mas antes disso, o contador de histórias queria ver as personagens, nem que fosse só uma vez, por isso ele escalou o muro.

Lá, ele viu a madrasta sentada numa cadeira de rodas. Parecia que ela era deficiente e que a enteada estava a descansar por perto.

Ele viu a velha senhora a tentar chegar a um pedaço de comida em cima da mesa, perto da sua cadeira. Mas por causa da sua condição, ela não conseguia lá chegar, e a enteada parecia estar a aproveitar-se do desamparo da velha senhora.

De repente, a velha senhora caiu da cadeira e começou a insultar a enteada.

O contador de histórias voltou e rapidamente mudou o fim da história. Ficou chocado com o quão diferente era a história, comparada com o que ele pensava que seria.

Realmente, ele tinha encontrado uma história de vida real e uma lição de vida real.

Julgar As Pessoas

Como podemos evitar de julgar as pessoas
Vote neste artigo

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*