Quando as maiores lições da vida são dadas pelas crianças

Quando as maiores lições da vida são dadas pelas crianças

Quando as maiores lições da vida são dadas pelas crianças

Algumas das maiores lições são ministradas por crianças. As seguintes cadeias de pensamentos podem também ser aplicadas a essa linha. A vida pode ser agradável se nos tornarmos conscientes da necessidade de variedade.

Uma criança tem o desejo de ter e apreciar a variedade na vida. Ela não pensa sobre a tolice ou magnanimidade dos seus pensamentos sobre a variedade, mas vai procurar por ela.

Qualquer pessoa que tenha observado uma criança por apenas cinco minutos, comprova o facto de que a criança está continuamente a procurar a variedade e a mudança. Para uma criança, a vida é aquele momento em particular. Ela investiga as infinitas possibilidades de encontrar a variedade no seu dia. Não admira que as crianças sejam as criaturas mais felizes do mundo.

À medida que crescemos, de alguma forma, tendemos a confrontar-nos com rotinas e seriedade. Nós corremos para o nosso escritório, sem ter um pensamento sobre a brisa fresca da manhã.

Engolimos o nosso chá sem sequer pensarmos como é maravilhoso saborear e sentir a experiência refrescante do chá. Vasculhamos os jornais e esquecemo-nos de alimentar as nossas mentes com pensamentos positivos.

Dizemos ‘Olá’ para muitas pessoas de forma rotineira e apenas passamos, quando podemos realmente pensar em como somos abençoados por conhecer as pessoas que nos respeitam e nos estimam.

Então, um dia percebemos que crescemos mais, mentalmente e fisicamente. Ficamos tão preocupados com as nossas responsabilidades, tarefas, problemas, futuro da carreira, saúde e família, que nos esquecemos de desfrutar das alegrias quotidianas da vida.

Para onde foi a criança dentro de nós?

Com muita sorte nossa, Deus tem mantido o espírito dessa criança permanentemente dentro de nós, para que possamos recorrer ele, no caso de sentirmos que estamos a ser esmagados pela vida. A vida não precisa de ser má.

Pergunte ao seu filho, ou a qualquer criança, e conheça a sua resposta a uma pergunta:

“Como é que estás hoje?”

Vai ficar surpreendido com a sua resposta. Elas invariavelmente falam de coisas actuais, e provavelmente de ​​algo positivo, criativo, desafiador, algo que lhes dá aspirações, esperança e felicidade.

Nós também precisamos de acordar a criança em nós.

Tire um tempo para desfrutar da brisa da manhã, para sentir a alegria de tomar um chá com um amigo, apreciar uma ninhada de gatinhos a brincar entre si, a vista maravilhosa de uma águia que sobe para o céu, gotas de água sobre as folhas… e a lista pode continuar.

Que efeito têm essas coisas que criamos nas nossas mentes!

Lembremo-nos que Jesus Cristo dizia: “Sejam como as crianças”.

An.

Quando as maiores lições da vida são dadas pelas crianças
Vote neste artigo

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*