O poder de ter os objectivos escritos

O poder de termos os objectivos escritos

Objectivos Escritos

O poder de ter os objectivos escritos

A palavra “Alcançar” é magnética. Tem um brilho discreto. Os ‘Vencedores’ são vistos como tendo algo mais que os outros. Toda a gente tem objectivos e definições diferentes para o sucesso. No entanto, o facto é – toda a gente quer alcançar alguma coisa e ser um vencedor.

Desde um menino no jardim de infância a um piloto de caças, toda a gente tem essa vontade. Por isso, podemos dizer que o desejo de alcançar e atingir metas está no nosso sangue, nos nossos genes e na nossa mente.

Para nós, para alcançar alguma coisa, seja ela pessoal, social, profissional ou material, é preciso entender o funcionamento dessa coisa, o que contribui substancialmente para a alcançarmos, na nossa mente. A partir do momento em que a conquista signifique muito para nós, devemos empregar o modus operandi adequado para nos ajudar a alcançar tais marcos na nossa busca.

Benjamin Disraeli disse-o tão maravilhosamente, “Alimente a sua mente com grandes pensamentos, pois você nunca irá tão alto como pensa”. Tal é a importância de mantermos os nossos pensamentos no foco certo e, assim, fazer de cada segundo dos nossos dias um momento motivador.

O cérebro humano recebe milhões de pensamentos para processar num só dia, desde as tarefas domésticas ao infantário das crianças, passando pelo trabalho e pelas finanças, e não esquecendo os vários tipos de emoções que acontecem entre esses temas. Como podemos então impressionar a nossa mente com pensamentos positivos lembrar-nos dos nossos objectivos e ambições no meio de todos esses outros impulsos?

Muitos de nós já experimentámos, enquanto folheamos jornais ou revistas, uma ou duas palavras de repente saltar para nós de entre os milhares de palavras impressas. Nós começamos a ler esse parágrafo ou artigo particular e descobrimos que, em quase todos os casos, é algo que nos interessa ou que procurávamos. A nossa mente sabe o que gosta e o que quer. Assim, ela processa as palavras rapidamente no meio da notícia e dá-nos as palavras necessárias, se as houver. Aqui está uma lição importante para se lembrar. A nossa mente pode processar palavras mais rápido e melhor do que nós pensamos que ela faz.

“Yuo aer raednig a wnodefrul aticrle, tihs si a ncie thing, Gdo bsels yuo”.

Agora, quantos de vocês leram a declaração acima como, “You are reading a wonderful article, this is a nice thing, God bless you.” (Você está a ler um artigo maravilhoso, isso é uma coisa boa, Deus o/a abençoe.) Tem sido demonstrado que, ao começar a ler a linha, a nossa mente processa as palavras para o significado real pretendido. Isto diz-lhe alguma coisa sobre a sua mente? Sim, a nossa mente é incrível! A nossa mente pode ler as palavras, mesmo quando são desordenadas. Esse é o poder da nossa mente.

Quantos de nós percebemos a importância de escrever os objectivos que queremos alcançar? Os psicólogos comportamentais dizem que lembrar os nossos objectivos com imagens, palavras ou sons é indispensável para alcançar esses objectivos mais rapidamente. E uma das formas de o fazer é escrevê-los. Por exemplo: comprar um carro, uma casa, uma guitarra, uma câmara de filmar, ou traçar um plano de carreira ou planear uma viagem, etc… seja o que for. Também é vital registar a duração dentro da qual deseja concretizar esse plano e colocá-lo em áreas estratégicas do nosso ambiente (casa, escritório, etc.). Lembre-se, muitos de nós temos a prática de manter notas para nos lembrarmos das nossas tarefas.

Quando começamos a escrever as nossas metas, precisamos de o fazer numa linguagem clara e nítida, detalhadamente. Por exemplo: se alguém quer comprar um carro, deve anotar a marca, a cor, se é novo ou usado, o ano de fabrico, etc., e então colocar essa nota num lugar para onde olhe muitas vezes. Pode ser feito o mesmo para qualquer outro tipo de meta.

Suponha que um de nós quer manter a calma. Você pode escrever – ‘Eu estou a tornar-me calmo e equilibrado.” Mesmo que não nos apercebamos que estamos a lê-lo, o subconsciente da nossa mente lê-o logo assim que as palavras ficam registadas nos nossos olhos. Então, o nosso subconsciente, com a sua imensa fonte de energia, começa a trabalhar, a motivar-nos, a ajudar-nos a procurar e alcançar o nosso objectivo positivo e criativo e a materializá-lo.

Para nos ajudar a concentrar, temos de escrever o que queremos alcançar num pedaço de papel e colocá-lo em vários lugares onde passamos os vários momentos do dia, como no espelho, na cómoda, na parede da casa de banho, no pára-brisas do carro, em cima da mesa no escritório, no ecran do computador, na carteira, etc.

O que essas palavras essencialmente fazem é manter a nossa mente preparada, especialmente o nosso subconsciente, com esses objectivos e ambições, a fim de estimular-nos para a acção. Assim, nos apercebermos, estas palavras são lidas dezenas e centenas e milhares de vezes num dia, levando-as assim mais profundamente à nossa mente. E a nossa mente, prospectivamente, passa a alcançar esses objectivos.

Qualquer pessoa que tenha feito isto com sinceridade, ou que esteja disposto a fazê-lo, vai ver por si mesma o efeito surpreendente de manter objectivos escritos. Por isso, é importante inundar os nossos pensamentos com os nossos objectivos e lembrar-nos disso. Vamos todos começar cada dia com um novo vigor e determinação para alcançar os nossos objectivos. Lembremo-nos do que diz a Bíblia (Provérbios 23:7): Como um homem pensa sobre si mesmo, então no que ele se torna.”

Objectivos Escritos

O poder de ter os objectivos escritos
Vote neste artigo

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*